Com a apresentação a Sua Majestade, o Rei Filipe, das Cartas Credenciais que me acreditam como Embaixador de Portugal junto do Reino da Bélgica, inicio formalmente hoje, dia 3 de maio de 2023, o meu mandato oficial neste país. Função que muito me honra e de que muito me orgulho.

No decurso da cerimónia, pude asseverar a Sua Majestade o meu incondicional empenho na prossecução da promoção e fortalecimento do relacionamento bilateral entre os nossos países, cujas relações diplomáticas formais remontam, pelo menos, a 1834 – data em que João Baptista de Almeida Garrett apresentou credenciais como Encarregado de Negócios na Legação em Bruxelas. Prova e demonstração de que essa relação foi sendo consistentemente consolidada ao logo dos anos, será a constatação de que partilhamos, atualmente, inúmeros pontos comuns. Em matéria de valores, desígnios, interesses e mesmo avaliações de diversas realidades.

Este quadro comum subjacente constitui, pois, uma base sólida a partir da qual se torna mais fácil reforçar e expandir os excelentes laços político-diplomáticos já existentes. Conjuntura que igualmente facilita a identificação e rentabilização de novas sinergias em áreas estratégicas de potencial colaboração mútua, antes de mais particularmente relevantes para Portugal e para os portugueses. Tais como o comércio e o investimento, a afirmação e maior divulgação da língua e da cultura portuguesas, ou o aprofundamento do relacionamento no plano turístico, por intermédio da afirmação e melhor divulgação de um Portugal moderno, competitivo, diversificado, universalista, acolhedor, sofisticado e inovador e com estabilidade política e social. A posição de Portugal no contexto internacional é também reforçada pelo vasto Oceano, cujo inesgotável potencial e infindável riqueza científica, económica, comunicacional, entre inúmeras outras valências, vem sendo consistentemente valorizada, reconhecida, rentabilizada e afirmada.

É nossa convicção que os portugueses e lusodescendentes há muito radicados ou residentes na Bélgica continuarão a desempenhar um papel central e, diríamos mesmo, instrumental, para o objetivo do reforço da cooperação a todos os níveis. Deixo, pois, aqui, à comunidade portuguesa residente neste país, uma genuína e inequívoca mensagem de que tanto eu, como a equipa desta Embaixada, continuaremos inteiramente empenhados e disponíveis para, no âmbito das nossas competências e ainda que condicionados pelas conhecidas limitações de recursos materiais e humanos, envidarmos todos os esforços para a apoiar, acolher e responder aos seus anseios, expetativas e necessidades.

Por último, para além de vos incentivar a continuarem a consultar esta página com regularidade, convido-vos igualmente a visitar a página oficial de Facebook desta Embaixada (https://www.facebook.com/embaixadaportugalbruxelas), onde poderão encontrar informação atualizada, que esperamos vos possa ser útil, sobre as atividades e iniciativas da Embaixada de Portugal na Bélgica e respetiva Secção Consular. Na expetativa de que também colaborem connosco, duma forma participativa e dinâmica, nomeadamente com a partilha de comentários e sugestões, no propósito e objetivo último de melhor vos servirmos e correspondermos aos vossos anseios e expetativas. Na certeza de que apenas um trabalho de equipa, que conte com o empenho e colaboração construtiva de todas as partes envolvidas, permitirá rentabilizar, da melhor forma possível, todo o potencial existente. Em benefício de todos.

 

                                                            Jorge Cabral

                                                              Embaixador

  • Partilhe