DIA INTERNACIONAL DA MULHER

08 de Março

 

#IWD2021 - #InternationalWomensDay - #IGUALDADE

 

 

Em 08 de Março a Embaixada de Portugal assinala o Dia Internacional da Mulher, homenageando todas as Mulheres que em todas as circunstâncias, e sobretudo num contexto muito difícil marcado pela pandemia do COVID-19, se afirmam como Cidadãs e Pessoas de pleno direito, na nossa sociedade e nas nossas famílias.

 

Neste dia, o nosso pensamento especial vai para as Mulheres de todas as idades e em todas as situações de vida que fazem parte da Comunidade Portuguesa na Bélgica.

 

Às Mulheres se aplica plenamente um dos princípios fundamentais da Constituição da República Portuguesa:

 

Artigo 13.º

Princípio da igualdade

 

1. Todos os cidadãos têm a mesma dignidade social e são iguais perante a lei.

 

2. Ninguém pode ser privilegiado, beneficiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.

 

Ao longo dos séculos, o combate incessante das Mulheres pelos seus direitos políticos, económicos, sociais e culturais, pelo direito ao respeito, pelo direito à sua liberdade individual, pelo direito à liberdade de escolha, pelo direito à educação, pelo direito à igualdade de oportunidades, pelo exercício do direito de voto, inspirou os Povos e constituiu um elemento de profunda mudança nas nossas sociedades.

 

Mais ainda, o combate das Mulheres sempre foi uma parte integrante da luta histórica de toda a sociedade portuguesa pela Liberdade e a Democracia.

 

O dia de hoje pretende, fundamentalmente, lembrar o longo e muito duro caminho já trilhado em prol e defesa e da garantia dos direitos das Mulheres, no quadro do princípio da igualdade de género, mas também e sobretudo, o caminho que ainda falta percorrer até eliminarmos toda as desigualdades e as discriminações, e toda a violência de contra as Mulheres, na sua vida privada (violência doméstica e violência no namoro), nos seus empregos, nas oportunidades que a sociedade lhes proporciona.

 

Esse é um empenhamento oficial do Governo português, através de políticas e iniciativas específicas, e também das Nações Unidas e da União Europeia, mas deve ser antes de mais um empenhamento de todos e cada um de nós.

 

Viva o Dia Internacional da Mulher!

  • Partilhe